Rio Branco, Acre, 23 de abril de 2021

Edvaldo Magalhães lembra Golpe de 1964 e deposição de José Augusto de Araújo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Neste 31 de março, que marca o Golpe Militar de 1964 no Brasil, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) destacou as decisões dos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica em não se submeterem à vontade do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), de querer partidarizar as Forças Armadas. Os três ensejaram em pedir demissão, mas antes disso ocorrer oficialmente, o presidente Jair Bolsonaro os demitiu.

“Nós estamos vivendo um momento perigoso. Ontem e hoje, assistimos todos, as tentativas do presidente da República de enquadrar, de intimidar, de constranger as Forças Armadas. A substituição do ministro da Defesa, a demissão dos três chefes das Forças, um ato que revolta a própria instituição militar, que não se submeteram a virarem instrumentos políticos ou milícias organizadas de um presidente transloucado, mas se manterem cumpridores da Constituição e zeladores da institucionalidade que é as Forças Armadas”.

Edvaldo Magalhães pontuou que o Golpe de 1964, que instalou a Ditadura Militar no País, é uma data que jamais pode ser esquecida para que não volte a acontecer.

“A data de hoje não pode e nunca deve ser esquecida, precisa ser lembrada justamente para não se esquecer nunca. Para àqueles que se animam em celebrar, é preciso lembrar para não esquecer que este País sofreu um golpe sim, nunca foi revolução, nunca foi movimento de pacificação, foi um golpe militar, com apoiamento civil”, lembrou.

O deputado do PCdoB lembrou a deposição do governador acreano José Augusto de Araújo e a cassação dos mandatos de cinco parlamentares estaduais. José Akel Fares, Gerardo Farias, Benjamim Ruela, Eloy Abud e Darcy Fontenelle foram cassados pelo Regime.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.