Rio Branco, Acre, 21 de abril de 2021

Hubble: a nebulosa vermelha gigante completa 30 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Nesta imagem que comemora o 30º aniversário do Hubble, a nebulosa vermelha gigante (NGC 2014) e sua vizinha azul menor (NGC 2020) fazem parte de uma vasta região de formação de estrelas na Grande Nuvem de Magalhães, uma galáxia satélite da Via Láctea, localizada 163.000 anos luz de distância.

A imagem é apelidada de “Recife Cósmico”, porque NGC 2014 se assemelha a parte de um recife de coral flutuando em um vasto mar de estrelas.

Algumas das estrelas do NGC 2014 são monstros. A cintilante peça central da nebulosa é um agrupamento de estrelas brilhantes e robustas, cada uma com 10 a 20 vezes mais massa do que o nosso sol. A nebulosa azul aparentemente isolada no canto inferior esquerdo (NGC 2020) foi criada por uma estrela mamute solitária 200.000 vezes mais brilhante que o nosso sol.

O gás azul foi ejetado pela estrela por meio de uma série de eventos eruptivos durante os quais ela perdeu parte de seu envelope externo de material.

Imagem: NASA, ESA and STScI

Fonte:Nasa

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.