Rio Branco, Acre, 22 de abril de 2021

Márcio Bittar nega que seja um dos nomes cotados a assumir Ministério das Relações Exteriores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma fonte de Brasília afirmou que o senador Márcio Bittar (MDB) seria um dos nomes cotados para assumir o Ministério das Relações, ocupado hoje por Ernesto Araújo.  Por mensagem de whats app, o senador respondeu ao site Juruá em Tempo que não haveria a ‘menor possibilidade’

Segundo informações do blog de Andréia Sadi, hospedado no G1, o chanceler está com os dias contados. Após o ultimato do presidente do congresso Arthur Lira à Bolsonaro e a dureza com que o chanceler foi tratado no senado, teriam motivado aliados do presidente a sugerir a troca do ministro.

Ernesto Araújo adotou uma postura alinhada ao governo Trump, o que o levou a um conflito aberto com a China, principal fornecedora dos insumos para as vacinas. O ministro é visto hoje, como um dos entraves ideológicos para que o governo venha a adquirir vacinas.
Sadi cita outros nomes para assumir a pasta como Fernando Collor e Antônio Anastasia, de Minas Gerais, mas uma fonte afirma que o nome de Bittar chegou a ser sondado. Relator do orçamento, Bittar é considerado um político com força no senado, mas ele próprio negou que viria a assumir.

Ernesto deve cair nos próximos dias. Ainda segundo Sadi, a nova escolha estaria entre um nome político, desta vez ligado ao Centrão, ou alguém de perfil mais técnico, do próprio corpo diplomático. A preocupação do planalto, é que a escolha reflita negativamente na base ideológica mais radical do governo, que ainda professa ideias como a de uma cruzada ideológica do ocidente contra o oriente, neste caso representado principalmente pela China.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.