Rio Branco, Acre, 21 de abril de 2021

Média de enterros diários em Manaus cai 67% e atinge menor índice de 2021

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A média de enterros diários em Manaus teve uma queda de 67,1% nas últimas sete semanas, conforme dados da prefeitura. Nesta semana, de 28 de fevereiro a 6 de março, a capital registrou o menor índice de sepultamentos de 2021, após alcançar recordes na segunda onda da Covid-19.

De acordo com dados da prefeitura, entre 17 e 23 de janeiro deste ano, foram registrados 1.272 sepultamentos, uma média de 181,71 enterros diários – maior índice registrado em 2021.

Nesta última semana, foram registrados 418 sepultamentos (média de 59,71 enterros diários). Antes da pandemia, eram realizados, em média, 30 enterros diários.

No começo deste ano, o Amazonas passou a enfrentar a segunda onda da Covid-19. Em janeiro, cenas de caos foram vividas nos hospitais da capital, que ficaram superlotados e, por dois dias, faltou oxigênio. Esse segundo surto superou os recordes registrados no primeiro, ocorrido entre abril e março do ano passado.

No ano passado, com o grande volume diários mortes, caixões foram enterrados em valas comuns em Manaus, e alguns chegaram a ser empilhados. Neste ano, a prefeitura decidiu não voltar com o procedimento, e investiu na construção de estruturas verticais, conhecidas como “gavetas”.

Por conta no novo colapso no início deste ano, tristes voltaram a ser presenciadas nos cemitérios da capital: filas de caros funerários para enterros, e instalação de câmaras frigoríficas.

Total de sepultamentos por semana em Manaus:

Semana 3 a 9 de janeiro – 694 sepultamentos

Semana 10 a 16 de janeiro – 1.259 sepultamentos

Semana 17 a 23 de janeiro – 1.272 sepultamentos

Semana 24 a 30 de janeiro – 1.111 sepultamentos

Semana 31 de janeiro a 6 de fevereiro – 998 sepultamentos

Semana 7 a 13 de fevereiro – 800 sepultamentos

Semana 14 a 20 de fevereiro – 680 sepultamentos

Semana 21 a 27 de fevereiro – 532 sepultamentos

Semana 28 de fevereiro a 6 de março – 418 sepultamentos

Durante o mês de janeiro, o recorde diário de enterros em Manaus foi batido por cinco vezes desde o começo da pandemia da Covid-19. Durante o período, o maior número de sepultamentos em um único dia foi de 213 enterros, registrados no dia 15 de janeiro.

10 de janeiro: 144 enterros

11 de janeiro: 150 enterros

12 de janeiro: 166 enterros

13 de janeiro: 198 enterros

15 de janeiro: 213 enterros

A última vez que Manaus teve tantos enterros, de causas em geral, havia sido em 26 de abril, com 140 registros (com dados apenas de espaços públicos). Na época, o estado enfrentava a primeira onda da doença, e sofreu colapsos no sistema público de saúde e funerário.

Com informações G1 AM

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.