Rio Branco, Acre, 22 de abril de 2021

Orçamento relatado por Bittar vira dor de cabeça para Bolsonaro e precisará de correção

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O senador Márcio Bittar (MDB/AC), relator-geral do Orçamento no Congresso, parece ter criado uma dor de cabeça para o presidente Jair Bolsonaro ao cortar R$ 26,5 bilhões de despesas obrigatórias e inflar as pastas de Tarcísio Freitas e Rogério Marinho.

Técnicos do governo já trabalham em um projeto de lei que deve ser enviado ao Congresso ainda esta semana para corrigir o texto de Bittar. Pessoas próximas ao presidente temem que ele possa sofrer um pedido de impeachment, caso sancione o texto na íntegra.

Ainda de acordo com empresários e analistas políticos, Marcio Bittar cortou de áreas importantes, como o seguro-desemprego e recursos que atingem diretamente os trabalhadores do campo e da cidade, beneficiados com ações da Previdência Social, e destinou esses recursos para emendas parlamentares.

Na semana passada, Bittar deu declarações de que o Orçamento foi feito da melhor forma. Disse também que aguardou uma saída econômica por parte de Paulo Guedes, que não veio. Nesse sentido, o jeito foi fazer o corte.

Com informações do Notícias da Hora.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.