Rio Branco, Acre, 23 de abril de 2021

Acre é convidado pela Anvisa para discutir dificuldades para autorizar a vacina russa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Nesta terça-feira, 6, está prevista uma reunião convocada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com os governadores de 11 estados do país que já manifestaram interesse ou até mesmo, como é o caso do Acre, já assinaram contrato com fabricante da vacina russa Sputnik V.

A Anvisa quer esclarecer as dificuldades em obter informações e convencer os estados a tentar mudar a situação para que a vacina seja autorizada.

Na semana passada se divulgou inclusive que a vacina estava autorizada, o que não é verdade. O que ocorreu foi a certificação do laboratório no Brasil para produzir a vacina. A Sputnik V continua sem autorização no Brasil.

Além do Acre, foram convidados para a reunião representantes dos estados da Bahia, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco, Pará, Sergipe e Rondônia.

No último dia 22 de março, o governador Gladson Cameli assinou o contrato de aquisição de 700 mil doses da Sputnik V. Como o governo não contava com a demora para a liberação, a chegada das vacinas foi anunciada para a segunda metade deste mês de abril em lote único. Caso não haja avanço entre a Anvisa e a fabricante da vacina, é possível que aconteça atraso na entrega do imunizante. O governo deve gastar R$ 40 milhões de reais na aquisição das vacinas.

Com informações do AC24horas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.