Rio Branco, Acre, 15 de maio de 2021

Acusado de matar 24 pessoas no Acre, “Anjo da Morte” é preso pela polícia em Rio Branco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam na tarde desta quarta-feira, 21, o foragido da justiça, pistoleiro do Primeiro Comando da Capital (PCC), Fábio Feitosa Souza, de 32 anos, mais conhecido no mundo do crime como “Anjo da morte”.

A prisão aconteceu em uma residência localizada na rua Espirito Santo, no Loteamento Novo Horizonte, em Rio Branco, após um trabalho do núcleo de inteligência que já vinha monitorando o homicida há aproximadamente um mês.

Segundo informações da polícia, Fábio é acusado de 24 homicídios, e desses, oito pessoas ele matou num intervalo de 6 meses.

Feitosa já é condenado pela justiça a mais de 100 anos de prisão pelos crimes de homicídios, latrocínios, roubos, formação de quadrilha e organização criminosa. Apesar da condenação, Fábio cumpria pena em regime domiciliar, alegando à justiça que estava acometido de um câncer no ouvido. Desde então durante tratamento, Fábio cortou a tornozeleira e se encontrava foragido.

A polícia informou ainda a reportagem do ac24horas, que a facção Comando Vermelho estava oferecendo um valor de R$ 20 mil pela cabeça do “Anjo da Morte”, que inclusive matou uma liderança da facção.

O criminoso foi encaminhado à delegacia especializada para depoimento e em seguida foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (Defla) onde aguarda para ser levado a Penitenciária Francisco de Oliveira Conde.

  • Por David Sahid, do AC24horas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.