Rio Branco, Acre, 13 de maio de 2021

Após parto prematuro por causa da Covid-19, mãe comemora alta de bebê que ficou 10 dias na UTI

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A professora Katrícia Rockenbach, de 30 anos, finalmente pôde levar o filho recém-nascido para casa após travar uma luta contra a Covid-19. Ela teve que ser submetida a um parto de emergência no 8º mês de gestação, no dia 8 de abril, e depois ficou quatro dias internada na UTI. No domingo (25), o pequeno Matheus recebeu alta da maternidade e foi para casa com a família.

O pequeno não fez exames para a Covid-19, mas foi diagnosticado com uma infecção e precisou ficar ainda 10 dias na UTI.

Katrícia saiu da UTI do Pronto Socorro de Rio Branco no dia 12 de abril. Desde então, passou a visitar diariamente o bebê na Maternidade Bárbara Heliodora, retirar leite para alimentá-lo e torcer pela recuperação dele.

“Meu encontro com ele foi muito emocionante. Sai do hospital na segunda [dia 12 de abril] à noite, na terça [dia 13] já fui fazer uma visita para ele. Quando cheguei, ele estava tendo uma intercorrência, teve sangramento e teve que ser intubado por causa da infecção. Foi a mesma coisa que abrir o chão e me colocar dentro. Pensei que ia morrer. Depois da intubação, conversei com ele e fique mais tranquila”, relembrou.

A professora contou que o filho está bem e já mama no peito dela. Já ela ficou com algumas sequelas da doença, como queda de cabelo, falta de ar durante à noite e perda da memória.

“A partir do momento em que você pode pegar seu filho no colo sem aqueles aparelhos é só felicidade. Agora estou com ele no braço porque recuperação e resguardo a gente não teve, estamos em casa, curtindo um ao outro e tentando voltar à rotina normal”, frisou.

Matheus Rockendach recebeu alta do hospital no domingo (25) após se recuperar de uma infecção — Foto: Arquivo pessoal

Infecção

A professora acha que pegou Covid-19 durante uma das internações na maternidade para tratar a pressão baixa. Ela estava de repouso absoluto desde o dia 24 de fevereiro, quando o médico pediu para que ela fizesse repouso até o dia do parto.

Porém, ela teve pressão alta na gestação e sofreu alguns picos antes do parto. “Não tenho certeza absoluta, não estava saindo de casa. Tive pressão muita alta na gravidez. No dia 24 de fevereiro o médico me colocou de repouso absoluto até o parto. Só que com a pressão alta tive que ir para a maternidade algumas vezes e acabei ficando internada por duas vezes para baixar a pressão”, acrescentou.

Katrícia Rockendach recebeu alta do hospital após quatro dias na UTI no dia 12 de abril  — Foto: Arquivo pessoal

Katrícia começou a sentir os sintomas da doença na Sexta-Feira Santa (6). Pegaram a Covid-19 ela, o marido, o filho de 4 anos do casal e os pais de Katrícia. A mãe dela, de 55 anos, recebeu alta do hospital no sábado (24), e o pai dela, de 54 anos, segue internado em um hospital de Rio Branco.

“Meu filho teve um dia de febre, meu marido teve uns três dias de sintomas, minha mãe foi internada no [hospital] Santa Juliana e pegou alta no sábado e meu pai ainda está internado no leito porque pegou uma bactéria”, finalizou.

  • Por Aline Nascimento, G1 AC.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.