Rio Branco, Acre, 11 de maio de 2021

Desmatamento no Acre em março é quase 5 vezes maior do que no ano passado, aponta Imazon

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Mesmo sendo um dos menores estados com porcentagem de desmatamento dentro da Amazônia Legal, o Acre apresentou em março uma área desmatada quase cinco vezes maior do que a do ano passado neste mesmo período.

Dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) obtidos via Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD) mostram que no mês passado o estado desmatou uma área de 14 km².

No mesmo mês no ano passado, essa área era de 3 km² – um aumento de 366% em um ano.

A Amazônia Legal, segundo os dados, teve 810 km² de seu território desmatado em março deste ano. O SAD monitora via satélite as áreas desmatadas na região. Dados revelam que houve aumento de 216% de desmatamento em relação ao mesmo mês no ano passado, quando o desmatamento somou 256 km², e a área desmatada representa o maior valor da série histórica dos últimos 10 anos referente ao mês de março.

O percentual de desmatamento por estado é o seguinte: Pará (35%), Mato Grosso (25%), Amazonas (12%), Rondônia (11%), Roraima (8%), Maranhão (6%), Acre (2%) e Tocantins (1%). O acumulado de janeiro a março em 2021 também apresenta recorde de desmatamento: o total desmatado é o maior da série de 10 anos, mais do que o dobro do registrado em 2020.

Com informações do G1.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.