Rio Branco, Acre, 15 de maio de 2021

Fluminense bate Botafogo e se classifica para as semifinais da Taça Guanabara

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Fluminense venceu o Botafogo por 1 a 0, neste sábado, em confronto pela 10ª rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Vivendo momentos muito distintos, quando o primeiro se prepara para trilhar caminho na Copa Libertadores e o outro amarga a eliminação na Copa do Brasil, as equipes se enfrentaram no Maracanã.

Com o resultado, o Fluminense conseguiu a classificação antecipada para as semifinais do Campeonato Carioca, assumindo a terceira colocação, contando com 19 pontos. O Botafogo, por sua vez, está fora da busca pelo título do Campeonato Carioca, uma vez que o melhor resultado que conseguirá será a quinta colocação. Apenas os quatro primeiros na Taça Guanabara seguem para as semifinais. Dessa forma, resta ao Botafogo a disputa da Taça Rio.

A partida começou com um Botafogo bem colocado, dificultando a saída para o Fluminense e demonstrando que traria dificuldade para o rival tricolor. Nos primeiros minutos de jogo, porém, a equipe comandada pelo técnico Roger Machado logo passou a se impor e oferecer perigo para seu adversário. Aos 7 minutos, Paulo Victor realizou bela jogada contra Kayky e pareceu que traria susto para o Fluminense, mas logo foi desarmado. Alguns minutos depois, a dupla voltava a se enfrentar quando o atacante caiu com a marcação de Paulo Victor, já dentro da área. O lance fez com que os jogadores do Fluminense pedissem pênalti, o árbitro apenas mandou seguir.

O Flu seguia criando chances, como o lance de Nenê, que chegou pela esquerda e conseguiu o escanteio, que foi cobrado sem perigo para a defesa do Botafogo. Conforme o tempo passava, os donos da casa se fechavam cada vez mais para impedir os avanços do adversário, que crescia em campo, mas não o suficiente para criar oportunidades de abrir o placar. Apesar da boa atuação de Yago, que buscava o ataque sempre, o Fluminense também falhou na criatividade no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o jogo já começou com ritmo mais acelerado, com Rickson recebendo cartão amarelo logo nos primeiros momentos, após entrada mais dura. No segundo minuto de jogo, o volante tentou balançar as redes do gol de Marcos Felipe, após receber cruzamento pela direita. O gol, porém, sairia no minuto seguinte para o Fluminense, com cobrança de falta de Nenê dentro da área. Nino subiu mais que todos e cabeceou em cheio para o gol de Douglas Borges.

Em desvantagem, o Botafogo não conseguiu reagir a altura, deixando mais chances acontecerem para o Fluminense, como o chute de fora da área de Fred, que Douglas Borges conseguiu afastar sem problemas, aos 15 minutos. A tranquilidade do goleiro, porém, foi testada no minuto seguinte, quando precisou agir rápido e se esticar para defender chute forte de fora da área que quase aumentou a vantagem para o adversário.

O Fluminense, embalado após o primeiro gol, seguia pressionando o rival. Aos 27, Nenê recebeu a bola logo na entrada da área, ajeitou para o lado esquerdo, porém bateu para fora, sem dar trabalho ao goleiro rival. Apesar da eliminação estar próxima, o Botafogo pouco se arriscava, criando suas melhores chances apenas nos minutos finais da partida.

Aos 41 minutos, Felipe Ferreira tentou igualar o placar ao cobrar falta mas errou, conseguindo apenas mandar a bola para cima do gol do Fluminense. O goleiro do Fluminense apenas foi solicitado aos 47 minutos do segundo tempo, quando Ênio conseguiu chutar forte, após receber a bola pela direita. Marcos Felipe realizou a defesa sem problemas e sem rebote, fechando a partida e ratificando a vitória do Fluminense.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 x 0 BOTAFOGO

FLUMINENSE – Marcos Felipe, Calegari (Samuel Xavier), Nino, Luccas Claro e Egídio; Wellington, Martinelli, Yago Felipe (Gabriel Teixeira) e Nenê; Kayky (Cazares) e Fred (John Kennedy). Técnico: Roger Machado.

BOTAFOGO – Douglas Borges; Jonathan, Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luiz Otávio, Rickson e Ricardinho; Ronald (Ênio), Matheus Nascimento e Marco Antônio (Felipe Ferreira). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOL – Nino, aos 3 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Calegari, Egídio e Yago Felipe (Fluminense) e Rickson, Gilvan e Marco Antônio (Botafogo).

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

 

POR ESTADAO CONTEÚDO

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.