Rio Branco, Acre, 15 de junho de 2021

INSS faz alerta para bloqueio de aposentadorias por falta de prova de vida

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomou a partir deste mês de maio a rotina de bloqueio dos créditos dos benefícios por falta de prova de vida para os residentes no Brasil.

De acordo com a Portaria nº 1.299, publicada no Diário Oficial da União desta última quinta-feira (13), a rotina terá início com aqueles benefícios sobre os quais não houve comprovação de vida por nenhum canal disponível para tal procedimento, sendo estes selecionados para integrar o primeiro lote do processo de comprovação de vida por biometria facial.

O INSS identificou cerca de 160 mil segurados que deveriam ter feito a prova de vida em fevereiro de 2020. Esses beneficiários podem realizar o procedimento de forma remota nos aplicativos Meu INSS e Meu Gov.br, de modo a evitar o bloqueio de seus benefícios. A prova realizada junto às instituições financeiras continua válida e pode ser realizada normalmente.

O procedimento, que visa comprovar que o beneficiário está vivo, deve ser realizado anualmente pelos segurados do INSS.

Ampliada no último mês de fevereiro para cerca de 5,3 milhões de segurados, a prova de vida por biometria facial está disponível por meio do aplicativo Meu INSS e do Meu Gov.br.

Para mais informações, os interessados podem consultar a página do INSS ou o canal do INSS no Youtube.

A partir da competência de junho de 2021, o bloqueio resultante da falta de prova de vida dos demais residentes no Brasil seguirá de forma escalonada, de acordo como cronograma abaixo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.