Rio Branco, Acre, 17 de junho de 2021

“Isso é a PMAC para mim: família, honra, compromisso, respeito e gratidão”, diz policial que há 11 anos pertence a corporação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Com reportagens de Renata Sá, do Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Nesta terça-feira (25), a Polícia Militar do estado do Acre comemora 105 anos de serviços e cuidados para com o povo acreano. A equipe do Juruá em Tempo teve a honra de conversar com a policial Arlange de Melo Guimarães.

Arlange tem 11 anos de Polícia Militar, grande parte desse tempo foi dedicado ao Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO). Ela foi a primeira mulher a atuar nesse grupo no município de Cruzeiro do Sul. Nos anos de 2016 e 2018, a policial também atuou na Força Nacional.

 

“Atualmente trabalho no gabinete do governador do estado como segurança. Durante meu tempo de serviço no GIRO (que foi onde atuei por mais tempo), passei por algumas situações desrespeitosas por conta de ser mulher numa profissão predominantemente masculina, e com a atenuante de que no GIRO eu fui a única mulher que atuou aqui em Cruzeiro do Sul. Infelizmente, nossa sociedade ainda é preconceituosa e mesmo dentro da caserna isso pode ser percebido”, disse.

Atualmente Arlange é 3° sargento da PMAC e comanda também uma guarnição. A PM destacou que seu profissionalismo e respeito a farda que veste sempre a colocou ao lado de colegas que respeitam seu serviço e seu comando.

“Graças a Deus eu faço parte de uma tropa que tem o melhor índice de honestidade do país, e isso nos dá um orgulho muito grande; há contudo, uma parcela, ainda, de mais responsabilidade para manter esse padrão. Quando entramos na Polícia Militar, não temos noção do quanto ela mudará nossas vidas. Hoje sou uma mulher convicta de que represento uma parcela da sociedade que vence diariamente vários obstáculos e que tem ganhado cada vez mais seu lugar nessa instituição” contou.

A sargento disse, ainda, que há excelentes policiais que dão a certeza de que estão seguindo o caminho certo, e de que a sociedade acreana tem um efetivo de homens e mulheres compromissados com o lema: Servir e Proteger! “Saímos com cabeça erguida e confiando sempre em um Deus, que sempre está ao nosso lado. Isso é a PMAC para mim: família, honra, compromisso, respeito e gratidão. Tenho muito orgulho do que faço!”, finalizou a comandante.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.