Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

Milheiro de tijolos está custando quase mil reais em Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O preço do milheiro de tijolos cobrado em Cruzeiro do Sul chega a ser revoltante. A população cruzeirense está pagando uma média de R$ 900 pelo tijolo de 8 furos.

De acordo com representantes do setor de cerâmicas, o último reajuste foi feito em novembro do ano de 2020 quando o preço do milheiro era de R$ 800. O reajuste leva em conta a alta do preço dos insumos para a fabricação dos tijolos.

A equipe dO Juruá em Tempo entrou em contato com uma cerâmica da cidade, o vendedor Carlos Silva informou que esse reajuste no preço é necessário, uma vez que houve uma alta no preço dos insumos desde o início da pandemia do novo coronavírus: “matéria-prima de queima, combustíveis, energia e demais custos na confecção dos tijolos tiveram um aumento”.

“Esse aumento de apenas R$ 100 no preço do milheiro de tijolos foi necessário, pois toda obra prima subiu o preço; e se a gente não subir o preço também não vamos ter nada de lucro. Nossa empresa pensa sim no cruzeirense que precisa construir, mas nós não podemos ter prejuízo” afirmou Carlos Silva.

Com essa alta no preço fica praticamente impossível realizar uma construção. Entrevistamos alguns moradores da cidade que estão construindo casas. A grande revolta da população é que os donos de cerâmicas utilizam a desculpa da pandemia do coronavírus para aumentar o preço.

“Hoje em dia os empresários donos de cerâmicas colocam a culpa no corona, e querem colocar um preço abusivo em cima das nossas costas. A construção civil tem aumentado e muito, mas com o aumento dos preços fica difícil a gente construir alguma coisa”, detacou Alaiton Bezerra.

A população da cidade de Cruzeiro do Sul para uma média de R$ 0,90 por cada tijolo de oito furos. O reajuste sofrido foi de R$ 0,10 por tijolo. Se a população não estiver contente em pagar quase R$ 1.000 no milheiro de tijolo deve entrar em contato com o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon).

Sede Administrativa Cruzeiro do Sul/AC
Endereço: Rua Madre Adelgundes Becker, nº 222 – Miritizal – CEP: 69.908-000
Disk denúncia: (68) 3322-1330
E-mail: [email protected]
Horário: 07h30 às 13h30 de segunda a sexta-feira.
• OCA Cruzeiro do Sul/AC
Endereço R. Rui Barbosa – Centro, CEP 69.980-000
Telefones: (68) 3322-8569 e (68) 3322-3850.
E-mail fiscalização: [email protected]

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.