Rio Branco, Acre, 15 de junho de 2021

Você só pode garantir a própria existência

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Recentemente ouvi sobre um tópico que achei particularmente interessante, não tenho muito conhecimento filosófico e particularmente não me interesso tanto por assuntos do tipo, mas vez ou outra surge algo que desperta minha atenção e que me faz querer pensar um pouco sobre e, consequentemente, me faz querer escrever aqui.
Basicamente a ideia em questão é de que podemos apenas garantir a nossa própria existência e nada mais além dela. Sinceramente esse é o tipo de coisa que já tive breves pensamentos a respeito em momentos totalmente aleatórios, não que seja algo que alguém devesse levar a sério ou algo do tipo; mas, sim, algo apenas para pensar um pouco a respeito: e se a nossa vida atual, assim como as pessoas que conhecemos forem nada mais do que algo da nossa cabeça? Você é capaz de provar a si mesmo de que existe, a partir do momento em que é capaz de questionar a própria existência; mas, o mesmo não se aplica às pessoas ao seu redor.
Vamos imaginar agora a visão de um homem que foi drogado por alguma substância e que a mesma faz com que ele enxergue coisas que outros não conseguem ver. Para as pessoas que o observarem, ele é naturalmente considerado um louco ou algo assim; mas, para aquele homem, as coisas que ele enxerga realmente existem e interagem com ele. E se neste exato momento você está, na verdade, apenas tendo um sonho muito grande e sua vida, assim como seus conhecidos, na verdade, são apenas obra da sua própria cabeça? Quem poderá provar que elas existem de fato? É algo estranho de se pensar, mas considero particularmente uma ideia divertida embora eu mesmo não a leve a sério.
Como sempre digo, não pense muito sobre o que escrevo aqui, não são textos para serem levados muito a sério, até porque é difícil tentar parecer sério quando alguém fala sobre um tema estranho assim. Para todas as pessoas existentes que estão lendo esse texto, espero que tenham tido uma boa leitura.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.