Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

Edvaldo Magalhães denuncia abandono do governo a Marechal Thaumaturgo e diz que Saúde está um caos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) usou o tempo regimental durante a sessão online desta terça-feira (1º) para reforçar a necessidade urgente de se sancionar a lei aprovada na Aleac, de autoria dele, que visa a contratação de médicos formados no exterior para suprir o déficit, principalmente nos municípios isolados. Ele citou o caso de Marechal Thaumaturgo que na última semana registrou um óbito de uma mulher. O município chega a ficar dias sem médico.

Edvaldo Magalhães destacou que o instrumento legal para suprir esse déficit a Assembleia Legislativa do Acre entregou, agora falta apenas o governador Gladson Cameli sancionar para que a lei passe a vigorar e gerar seus efeitos. A medida garante que prefeitos podem contratar médicos formados no exterior, que tenham atuado no Mais Médicos. A Secretaria de Estado de Saúde também pode fazer uso do dispositivo.

“Eu gostaria de chamar atenção para esses dois fatores: a ausência de profissionais médicos. Essa casa aprovou por unanimidade, a contratação de médicos formados no exterior para assistir ao nosso povo, enquanto durar a pandemia. Essa aprovação já passa de 10 dias e o governador ainda não fez publicar a lei e incidir seus efeitos. Esse é um ponto que o governo não resolve por falta de uma decisão, de uma ação afirmativa. Quanto mais demora decidir, a gente perde mais vidas”, disse o parlamentar.

Ao falar sobre o segundo ponto, especificamente sobre Marechal Thaumaturgo, Edvaldo Magalhães disse que a Agência Nacional de Avião Civil notificou o governo do Estado há mais de um ano e as providências adotadas para adequação do aeródromo têm se arrastado a passos de tartarugas.

“O trabalho está lá, a passos de tartaruga porque a empresa contratada tem apenas três carrinhos de mão, uma enxada e um picareta”, destacou o parlamentar ao alerta para a necessidade urgente de providências.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.