Rio Branco, Acre, 23 de julho de 2021

Mutirão vacinou quase 5 mil pessoas contra a Covid-19 em 48 horas no Palácio Rio Branco

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Com um número bem acima do esperado, o mutirão de vacinação contra a Covid-19, que ocorreu durante 48 horas em frente ao Palácio Rio Branco, imunizou quase 5 mil pessoas, entre a quinta-feira (17) e início da manhã deste sábado (19).

Inicialmente a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) informou que a média esperada era de vacinar cerca de 2,5 mil pessoas com idade a partir de 45 anos. Mas, apenas no primeiro dia, mais de mil pessoas foram vacinadas no local. Ao todo foram mais de 4,6 mil pessoas do público geral a partir de 45 anos e mais 126 grávidas e mulheres no pós-parto que foram vacinados no local.

A tenda montada em frente ao Palácio para receber a população fechou às 8h deste sábado, mas quem estava na fila continuou sendo vacinado.

Uma das últimas a entrar na fila, Regina Lúcia Silva, de 49 anos, estava fantasiada de borboleta como símbolo de sair do casulo. Ela estava emocionada por receber a primeira dose da vacina e ainda incentivou a população a tomar a vacina e perder o medo dos efeitos.

“É uma forma de mostrar o tamanho da minha felicidade que esse dia representa para mim. Ainda estamos meio que retraídos e guardados e a vacina representa poder sair do casulo e fazer muitas coisas que a gente não podia. Mas, é claro que a gente precisa ainda usar máscara e com todos os cuidados que são divulgados o tempo todo. Porque quando temos esses cuidados pensamos também no outro. Estou muito feliz e viva o SUS, viva a vida e tudo de bom para todos nós. Venham tomar a vacina”, disse.

O secretário de saúde Alysson Bestene disse que foram disponibilizadas cerca de 5 mil doses de vacina em remessas que foram enviadas aos poucos pela prefeitura. Ele comemorou os números alcançados e informou que outras ações como estas devem ocorrer também no interior do estado.

“Foram 48 horas de muito trabalho, dedicação em prol da vida, de preservar e salvar vidas. Um momento de esperança para que as pessoas fiquem imunizadas, combatendo esse vírus. A gente vai continuar trabalhando, a secretaria em parceria com os municípios, em especial Rio Branco, mas vamos fazer ações como esta em outros municípios e também a secretaria já vem trabalhando com a operação gota, em várias localidades para que as famílias com dificuldades no acesso, a gente chega lá, porque vacina boa, é vacina no braço”, disse.

Regina Lúcia Silva, de 49 anos, foi vestida de borboleta como símbolo de deixar o casulo após a vacina — Foto: Murilo Lima/Rede Amazônica Acre

  • Por Alcinete Gadelha, G1 AC.
ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.