Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

Para reforçar economia de indígenas que vivem em Rio Branco, ONG faz feira de artesanato em shopping

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma feira de artesanato indígena vai ocorrer em Rio Branco nesta sexta-feira (4) e sábado (5) na praça de alimentação do Shopping Popular, em Rio Branco. Este é um projeto piloto encabeçado pelo Instituto Xubuã, uma organização não governamental fundada pelo biólogo Vanderson Brito.

O objetivo, segundo Brito, é fortalecer economicamente os indígenas que vivem em contexto urbano na capital. Ao todo, 20 indígenas devem participar do evento.

“O foco é trabalhar com indígenas em contexto urbano, principalmente com a juventude e mulheres indígenas. Nossa intenção é que esse projeto piloto se torne fixo para fortalecer as mulheres artesãs que vivem na cidade. Grande parte desse artesanato é feito nas aldeias, mas a ideia é dar essa força a mais para as indígenas que moram em Rio Branco e que têm dificuldade de capitalizar, se manter. Além de expor a cultura e as tradições, isso gera uma renda a mais”, explica.

O evento deve contar com artes dos povos Huni kui, Yanawa, Apurinã, Kaxarari e Marubo.

A presidente da Organização das Mulheres Indígenas do Acre, Sul da Amazônia e Noroeste de Rondônia (SITOAKORE), Nedna Yanawa, diz que esse é um momento de valorização dos povos indígenas do estado.

“Essa é uma forma de estar fortalecendo a cultura do povo indígena através de seus artesanatos, então fazer esse trabalho de promoção junto com outras instituições para nós é motivo de muita alegria, poder estar levando essa esperança para os artesãos indígenas, desde o trabalho da aldeia até os que estão em contexto urbano”, diz.

Ela acredita que isso também contribui para a economia dos povos indígenas. “É uma forma de valorizar os 16 povos indígenas do Acre e vamos fazer esse evento com todos os cuidados, se adequando ao que essa nova realidade nos exige”, destaca.

Ideia é que feira se torne um evento fixo  — Foto: Arquivo pessoal

Serviço

  • Feira do artesanato indígena
  • Quando: 4 e 5 de junho (sexta-feira e sábado);
  • Onde: Praça de alimentação do Shopping Popular, no Centro;
  • Horário: Das 9h às 15h.

Os participantes devem seguir todas as normas de medidas sanitárias devido à pandemia da Covid.

  • As informações são do G1 Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.