26 C
Juruá
sexta-feira, agosto 19, 2022

Abate de bovinos segue em queda, mas mercado de suínos cresceu 9,7% no Acre em 2021

Por

O Acre registrou o abate de 87.402 cabeças de bovinos no terceiro trimestre de 2021, queda de 7,5% ante igual período de 2020. Em relação ao segundo trimestre de 2021, houve queda de 4,6%.

O Acre acompanha uma tendência nacional que apresentou o menor número de cabeças de bovinos abatidos para um terceiro trimestre desde 2004. O país registrou o abate de 6,94 milhões de cabeças de bovinos, queda de 10,7% ante igual período de 2020 e de 2% em relação ao segundo trimestre de 2021. Os dados são da divulgação definitiva das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha, divulgadas no final de 2021 pelo IBGE. confirmando resultados que mostram redução no abate.

Por outro lado, o Acre registrou o abate de 14.441 cabeças de suínos no 3º trimestre de 2021, um novo recorde na série histórica, iniciada em 1999. Essa quantidade representa alta de 9,7% em relação ao mesmo período de 2020 e, aumento de 7,8%, na comparação com o 2° trimestre de 2021.

No Brasil, que também registrou recorde no abate de suínos no 3º trimestre de 2021, houve uma alta de 7,8% em relação ao mesmo período de 2020 e, aumento de 4,5%, na comparação com o 2° trimestre de 2021.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!