26 C
Juruá
sexta-feira, agosto 19, 2022

Justiça nega pedido de Perpétua Almeida para excluir comentário em que é chamada de “canalha” e “vergonha do Acre”

Por

O pedido de liminar da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) para excluir um comentário ofensivo feito em suas redes sociais, foi indeferido pela desembargadora Carmen Bittencourt, da 1ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Pérpetua resolveu entrar com a ação em agosto de 2021 após receber xingamentos em uma publicação feita no seu Twitter. A parlamentar pedia que os comentários fossem removidos imediatamente.

A decisão foi publicada nesta terça-feira (04) e diz que os o comentário foi feito há pelo menos seis meses, o que afasta a urgência do caso. “Por conseguinte, não verifico no caso em análise a presença dos requisitos necessários ao deferimento da tutela recursal”, assinalou.

A deputada não gostou de ser chamada de “canalha”, “defensora de assassino e ladrão” e “vergonha para o Acre”.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!