31.2 C
Juruá
quinta-feira, agosto 11, 2022

“Objetivo do Estado é proteger”: secretário explica exigência de comprovante vacinal no Acre

Por

No início desta semana, o Governo do Acre emitiu um decreto que regulamenta a carteira de vacina contra a Covid-19 como documento obrigatório para a atualização cadastral dos servidores ativos do Estado.

A atualização cadastral anual dos servidores estaduais acontece por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e a media tem o objetivo de continuar atualizando os dados pessoais e de lotação dos servidores públicos em atividade.

O titular da pasta, coronel ricardo Brandão explicou que a medida não se aplica, por exemplos, aos servidores afastados ou aposentados e aqueles servidores que, por razões de saúde declaradas em atestado médico, não puderem se vacinar, poderão justificar. “A Gestão estará bem sensível para avaliar caso a caso”, garantiu o coronel.

Por outro lado, o secretário explicou que o servidor que não realizar a atualização cadastral e não apresentar o comprovante de vacinação atualizado, ou atestado médico, terá suspenso o pagamento dos seus vencimentos.

Brandão lembrou ainda que a medida visa proteger não apenas os servidores públicos, mas também a população: “É um claro compromisso do Estado em preservara saúde do servidor e das pessoas que são atendidas por ele. Diariamente várias pessoas vão aos órgãos públicos em busca de atendimento e esperam ser atendidos por servidores que estejam em plena saúde física”, explicou.

O secretário da Seplag destacou os esforços do Governo em trazer a vacinação e os avanços conquistados na imunização dos acreanos.

  • Por ContilNet
error: Alert: O conteúdo está protegido !!