26.1 C
Juruá
quinta-feira, junho 30, 2022

“Por Deus que está no céu, eu nunca serei preso”, diz Bolsonaro

Por

Jair Bolsonaro (PL) voltou a dizer que “nunca será preso” por seu atos na Presidência da República. Durante evento do setor de supermercados nesta segunda em São Paulo, o presidente reclamou que passa “mais da metade” de seu tempo de trabalho tendo de responder a “processos”.

Bolsonaro dizia que pedidos de golpe deveriam estar protegidos pela liberdade de expressão e atacou quem enxergou as manifestações de 7 de setembro e 1º de maio como “atos antidemocráticos”.

“Todo aquele que viu nas manifestações de rua de 7 de setembro ou 1º de maio como sendo manifestações contra a democracia, atos antidemocráticos, pra mim essa pessoa é um psicopata ou imbecil. A liberdade é mais importante que a nossa própria vida. Porque mais da metade do meu tempo eu me viro contra processos que até já falam que eu vou ser preso. Por Deus que está no céu, eu nunca serei preso”, disse ele, que recebeu o aplauso dos presentes. “Não estou dando recado para ninguém.”

Pouco antes, Bolsonaro voltou a invocar o fantasma do comunismo ao dizer que em 1964, ano do golpe militar no Brasil, forças que ele não disse o nome tentaram “nos roubar” a liberdade. Na sequência, adaptou o discurso do medo para o momento atual, dizendo que a liberdade estaria em risco pelo trabalho “das canetas”, numa referência velada ao Judiciário.

“Não temos outra alternativa. Os que tentaram nos roubar em 64 estão tentando nos roubar agora. Lá atrás pelas armas. Hoje, pelas canetas. Liberdade de expressão. Outro dia perguntaram para mim: ‘E quem levanta uma faixinha de AI-5?’ Você tem que ter pena desse cara. Não é prender esse cara não. Tem que ter pena dele. Ele nem sabe o que é AI-5″, disse.

  • Fonte: Veja Abril.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!