24 C
Juruá
domingo, junho 26, 2022

Safra de melancia deve crescer 22% no Acre em 2022, aponta previsão

Por

A safra de melancia em 2022 no Acre deve ser ao menos 25% superior a do ano passado, segundo prevê a Secretaria de Produção e Agrinegócio.

Em 2021 foram plantados 1.341 hectares da fruta no Estado do Acre -e a produção foi generosa: 17.704 toneladas. “Em uma previsão pessimista, a safra deve crescer 25%”, disse Edvan Maciel, titular da Sepa.

Se confirmado serão pelo menos 22 mil toneladas em 2022.

A irrigação é o fator que vem alavancando as safras mas há pedras nesse caminho, segundo o ex-secretário de Agropecuária, José Carlos Reis, hoje produtor rural, um fenômeno que encarece a melancia para o consumidor final e em muitos casos leva à grandes perdas.

“A melancia tem um problema sério no Acre que é a comercialização. Os supermercados fazem contrato e trazem parte da melancia de fora. Outra parte, compram daqui mas o setor é cheio de intermerdiários e o produtor não consegue vender direto”, analisa Reis, que vê falha na concessão de crédito.

As terras do Acre são excelentes para melancia. Com a irrigação, é possível ter colheita praticamente o ano inteiro. Um dos grandes e pioneiros na área, a família Petelim, é também precursosa da modernização do cultivo.

Há um interesse oficial nesse mercado: recentemente foram repassados maquinários a produtores da Baixa Verde como apoio ao cultivo de melancia entre outros produtos.

Em um momento importante da cultura, em 2015, o governo da época propagandeava a melancia: “Ótima aceitação no mercado, retorno rápido ao agricultor, boa produtividade e lucro garantido. Essas são algumas das vantagens da produção de melancia”.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!