31.8 C
Juruá
sábado, junho 25, 2022

Bolsonaro diz que inglês desaparecido na Amazônia era ‘malvisto na região’

Por redação.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o jornalista inglês Dom Phillips, desaparecido há 10 dias na região do Vale do Javari, no Amazonas, era “malvisto” na região por ter feito reportagens contra garimpeiros. Segundo Bolsonaro, deveria ter “redobrado atenção consigo próprio” antes de fazer uma “excursão”.

Phillips e o indigenista Bruno Pereira estão desaparecidos desde o dia 5. No último domingo, a Polícia Federal (PF) afirmou que foram encontrados uma mochila e documentos pertencentes à dupla. Na sexta-feira, a PF também informou ter encontrado “material orgânico aparentemente humano” na região.

— Esse inglês, ele era malvisto na região. Porque ele fazia muita matéria contra garimpeiro, questão ambiental. Aquela região, região bastante isolada, muita gente não gostava dele. Ele tinha que ter mais que ter redobrado atenção consigo próprio. E resolveu fazer uma excursão — disse Bolsonaro, em entrevista à jornalista Leda Nagle, transmitida no Youtube,

O presidente ainda afirmou que, caso os dois tenham sido mortos, os corpos estariam dentro d’água.

— Pelo que tudo indica, se mataram os dois, se mataram, espero que não, estão dentro d’água. Dentro d’água, pouca coisa vai sobrar. Peixe come. Não sei se tem piranha lá no Javari.

O material orgânico encontrado pela PF na semana passada foi encaminhado à perícia, mas ainda não houve resultado dos exame. A mochila estava amarrada em uma árvore, em área de igapó, terreno de mata alagada. Segundo o Corpo de Bombeiro, que encontrou o material dentro da mochila, havia um notebook, livros e roupas.

A PF também informou na noite desta terça-feira que prendeu mais um suspeito do desaparecimento da dupla. De acordo com a corporação, Oseney da Costa Oliveira, de 41 anos, conhecido como “Dos Santos”, foi detido em Atalaia do Norte, no Amazonas. Ele é irmão de Amarildo da Costa Oliveira, o ‘Pelado’, já preso temporariamente.

Segundo a PF, também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário em Atalaia do Norte. Os agentes recolheram apreenderam “alguns cartuchos de arma de fogo e um remo, os quais serão objeto de análise”.

Dos Santos é apontado como suspeito de ter participação no desaparecimento “juntamente com ‘Pelado’, que já se encontra temporariamente preso. “D Ele presta depoimento na noite desta terça-feira e, em seguida, será encaminhado para audiência de custódia na Justiça de Atalaia do Norte.

Trecho de interrogatório enviado em relatório da PF ao ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), revela que uma testemunha viu as embarcações de Bruno e Dom e, em seguida, encontrou um outro homem nominado de “Dos Santos”.

  • Fonte: O Globo.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!