22.2 C
Juruá
terça-feira, junho 28, 2022

Covid-19: média móvel de mortes sobe 73% em duas semanas

Por Veja Abril.

As médias móveis de casos e mortes de Covid-19 seguem em alta no Brasil. No levantamento feito por VEJA, de acordo com os dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o Brasil apresentou, neste domingo, 19, média móvel de 136,4 óbitos, índice 73% acima do registrado há duas semanas. De acordo com a avaliação feita por infectologistas, basta 15% de variação para cima para que o patamar de risco da pandemia seja classificado como alto.

Com os 10.691 novos diagnósticos registrados nas últimas 24 horas, junho já totaliza mais de 685 mil contaminados. Neste domingo, a média móvel de infectados chegou a 35.332,6: número 20,2% maior que o registrado há duas semanas.

O cálculo da média móvel feito por VEJA consiste em somar todos os registros dos últimos sete dias e dividir o total por sete. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento da pandemia. Os gráficos ao final da matéria mostram a evolução diária da média móvel no Brasil, nas cinco regiões geográficas e nos 26 estados da Federação (mais o Distrito Federal).

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 10.691 novos diagnósticos positivos e 55 novos óbitos por Covid-19. Em toda a pandemia, são 32.389.348 contaminados pelo vírus e 669.065 vítimas em todo o território nacional.

O levantamento de VEJA considerou, neste domingo, os dados do CONASS porque o Ministério da Saúde não divulga o balanço desde quarta-feira, 15. Estes números, entretanto, não contam com os dados de Acre, Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima e Tocantins, que indicaram “problemas técnicos no acesso às bases de dados dos sistemas de informação”.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!