24 C
Juruá
domingo, junho 26, 2022

Exame confirma que restos mortais encontrados na Amazônia são do indigenista Bruno Pereira

Por Redação O Juruá em Tempo

A Polícia Federal confirmou, neste sábado (19), que parte dos restos mortais encontrados no Amazonas são do indigenista Bruno Araújo Pereira. A identificação foi possível após exame da arcada dentária no Instituto Nacional de Criminalística. Durante a tarde de sexta (17), peritos já haviam confirmado que, no material, também estavam os restos mortais do jornalista Dom Phillips.

Em nota, a PF informou que Dom e Bruno foram atingidos por tiros: o indigenista foi baleado na cabeça e no tórax, já o jornalista, apenas no tórax. Três suspeitos estão presos pelo crime. Um deles, que era considerado foragido, foi detido neste sábado.

Dom e Bruno estavam desaparecidos desde 5 de junho, enquanto faziam uma viagem na terra indígena do Vale do Javari (AM). Os restos mortais deles foram encontrados na quarta-feira (15), após um dos suspeitos confessar envolvimento.

Os restos mortais foram encontrados na quarta-feira (15) no Amazonas após Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado”, confessar envolvimento no assassinato de Pereira e Phillips e indicar onde estavam os corpos.

Com Informações G1

error: Alert: O conteúdo está protegido !!