23.3 C
Juruá
sexta-feira, agosto 12, 2022

Cesta básica em Rio Branco teve aumento de 0, 7% entre junho e julho, diz pesquisa

Por redação.

Mesmo com redução no preço de alguns produtos entre junho e julho, o custo total da cesta básica de alimentos segundo o estudo atual se mostra superior ao anterior

O cálculo do valor médio da cesta básica de alimentos, estimado em julho de 2022, indica o preço de R$ 641,09 e revela valor superior ao constatado em junho [R$ 636,36] do mesmo ano. Os dados coletados têm como base 15 produtos comercializados em quatro supermercados de Rio Branco, e fazem parte do estudo feito pela Fecomércio-AC em parceria com o Instituto Data Control.

Segundo o consultor da presidência da Federação do Comércio, Egídio Garó, de janeiro até julho, a cesta básica apresentou uma inflação de 15,75%. “A alta nos preços pesa no bolso do consumidor de baixa renda, tendo em vista aspectos como trabalho informal, perda de valor do dinheiro entre outros fatores já conhecidos”, salienta Garó

Os dados coletados consideram os itens essenciais que garantam a segurança alimentar de uma família composta por três adultos, ou dois adultos e duas crianças. Família essa com renda mensal de até R$ 2 mil.

O estudo aponta ainda que a tendência é a continuidade da ascensão do perceptual dos produtos nos mercados pelos próximos meses, variando entre 10% até outubro e 8% até maio de 2023, segundo dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15).

De acordo com a pesquisa, o custo maior da cesta de alimentos é de R$ 686,13, enquanto o menor valor é R$ 590,77. “Nos resultados deste mês, o leite aparece como vilão com um aumento de 40,45% em comparação com o mês anterior, acompanhado de outros produtos como: feijão, batata, banana, que variou 43,94% e macarrão”, explica o consultor, pontuando ainda que, contudo, alguns itens apresentaram redução de preço . “O destaque vai para o tomate, arroz, margarina e açúcar, com redução nos preços variando entre 17% e 30,6%, sendo este último percentual relacionado ao tomate, item que mais apresentou redução nos preços no período da pesquisa”, finaliza.

  • Fonte: Notícias da Hora.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!