26.3 C
Juruá
sexta-feira, agosto 12, 2022

Preso por ameaçar ministros do STF fica em silêncio em depoimento

Por redação.

Preso pela Polícia Federal nesta sexta-feira (22) após determinação do ministro Alexandre de Moraes, Ivan Pinto (foto), acusado de ameaçar membros do STF,  Lula e outros candidatos, ficou em silêncio durante seu depoimento, diz a CNN Brasil.

Ao ser questionado sobre as acusações, ele respondeu que “seu advogado estava no interior de Minas Gerais e não poderia acompanhá-lo durante a presente oitiva. E, a partir disso, preferia manter-se em silêncio e não responder as perguntas formuladas”.

Nas redes sociais, Ivan Pinto – que se apresenta como “Terapeuta Papo Reto”, especializado na recuperação de pacientes com vícios em álcool e drogas – chegou a sugerir que reuniria pessoas para “caçar” ministros do Supremo e “pendurá-los” de cabeça para baixo.

Num dos vídeos, publicado no início do mês, ele anuncia que mantém um grupo de Telegram chamado “Caçadores de ratos do STF”, com o objetivo de “cercar estes juízes e desembargadores vagabundos e não permitir que eles andem entre nós” e fazer “a sua revolta virar ação prática.”

  • Redação O Antagonista
error: Alert: O conteúdo está protegido !!