28.2 C
Juruá
sexta-feira, agosto 12, 2022

Profissionais da saúde recebem capacitação sobre diagnóstico de monkeypox

Por redação.

Com o objetivo de promover um alinhamento conceitual do diagnóstico de monkeypox e o manejo clínico, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), por meio da Rede de Urgência e Emergência (RUE), realizou nesta quarta-feira, 3, uma capacitação aos profissionais das unidades de saúde do Estado, no auditório do Pronto-Socorro de Rio Branco.

Em parceria com a Divisão de Organização de Apoio Diagnóstico da Sesacre (Divoad) e o Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen), cerca de 80 servidores entre médicos, enfermeiros e técnicos de análises clínicas participaram das atividades.

“É uma doença nova, que tem assustado a população. Agora estamos em alerta, e nós que estamos na linha de frente, precisamos conhecer sobre a doença e como deve ser diagnosticada e tratada”, declarou o enfermeiro e coordenador do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia do Huerb, Enoque Feijó de Souza.

Iniciado com a palestra Monkeypox: conhecer para diagnosticar, da médica infectologista Cirley Lobato, o curso difundiu orientações a respeito dos sintomas, tratamento e procedimentos relacionados à varíola dos macacos.

Segundo a infectologista, alguns dos fatores determinantes para o aumento de contaminados no mundo inteiro são o declínio da imunidade relacionado à vacina, o possível aumento do contato de humanos com animais e a transmissão humano-humano.

A bioquímica e gerente técnica do Lacen, Janaína Mazaro, trouxe como contribuição instruções para coleta, armazenamento e envio de amostras biológicas. “É interessante essa troca de experiências, porque as unidades trazem para nós a sua vivência e tentamos ajudar para conseguirmos aplicar os fluxos”, afirmou.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!