23 C
Juruá
domingo, abril 21, 2024

Avaliada em R$ 1,2 milhão, construção da Casa da Mulher Brasileira avança em Cruzeiro do Sul

Por redação.

- Publicidade -

Valorizar e cuidar da mulher em situação de vulnerabilidade tem sido desafio do mundo contemporâneo, e o governo do Acre tem assumido protagonismo, criando políticas de enfrentamento à violência contra a mulher e de empoderamento da figura feminina na luta por autonomia.

Exemplo disso é a construção da Casa da Mulher Brasileira, em Cruzeiro do Sul. A obra da Secretaria da Mulher (Semulher), em parceria com a Secretaria de Obras Públicas (Seop), tem 64,61% dos serviços concluídos, com previsão de entrega para o mês de julho.

Espaço servirá de apoio às mulheres do Juruá que tiveram seus direitos violados. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Com a iniciativa, o Estado inova no atendimento humanizado às mulheres. A Casa será uma referência para a mulher do Juruá, que passará a contar com um espaço com atendimento diferenciado e qualificado”, ratificou Valdecir Simão, gestor da Seop no Juruá, ao vistoriar a construção na tarde desta quarta-feira, 26.

Valdecir Simão: “Espaço será referência na região”. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Avaliada em R$ 1,2 milhão, a moderna estrutura é erguida com a construção de cisterna, instalação de sistema de tanque séptico e filtro anaeróbico, sistema elétrico e de drenagem pluvial, além de muro de proteção, revestimento de parede, cobertura, calçada de contorno e instalação hidrossanitária.

Obra gera postos de trabalho para o cruzeirense. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Políticas do Estado de apoio à Mulher

Ações de governo são implementadas para proporcionar às mulheres uma sociedade mais justa e segura. Entre as medidas, a criação da Secretaria da Mulher, a disponibilidade de três centros de atendimento especializado à mulher, a futura construção da nova Maternidade de Rio Branco e a entrega da Delegacia da Mulher, que funciona 24 horas por dia no enfrentamento à violência de gênero.

Entregue pelo governo, obra representa importante avanço no combate à violência contra a mulher no Acre. Foto: cedida
- Publicidade -
Copiar