23.7 C
Juruá
domingo, abril 21, 2024

Em Cruzeiro do Sul, peixe elétrico de 2 metros é pescado no Igarapé Preto

Por Redação

- Publicidade -


Na noite da última sexta-feira (28), durante pescaria no Igarapé Preto, um homem fisgou de linha um peixe elétrico, mais conhecido como poraquê na região.

Segundo informações, o poraquê mede cerca de 2 metros.

O registro do pescador repercutiu nas redes sociais, não tendo conhecimento do destino do peixe e se houve alguma descarga elétrica durante a captura.

De acordo com pesquisas realizadas pelo INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), esse peixe é capaz de produzir até 1500 volts. Ele pode ser comparado a uma pilha, já que a parte da frente de seu corpo tem carga positiva, enquanto a ponta de sua cauda é de carga negativa.

Assim, se uma pessoa pegar na cabeça e na extremidade final de seu corpo, ao mesmo tempo, o choque terá o poder de “fritar” a vítima em questão de segundos. O risco do contato com o Poraquê é maior na superfície, pois esse Peixe-Elétrico precisa do ar atmosférico, tanto quanto os animais terrestres, para obter oxigênio.

Segundo estudo publicado em 2019, 3 novas espécies de poraquê foram identificadas. Dessa forma, uma dessas novas espécies, o animal pode possuir cerca de 860 volts, entrando no Guiness Book na categoria de animal mais elétrico do mundo.

- Publicidade -
Copiar