28.2 C
Juruá
sexta-feira, abril 12, 2024

Motorista de aplicativo é a 2ª vítima fatal de leptospirose no AC em menos de 10 dias

Por g1.

- Publicidade -

Richard da Silva Cardoso morreu de leptospirose na Fundhacre após 15 dias internado — Foto: Reprodução

O motorista de aplicativo Richard da Silva Cardoso, de 40 anos, morreu de leptospirose na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre) nesta segunda-feira (24). Ele é a segunda vítima fatal da doença em Rio Branco em menos de dez dias.

Ao g1, um parente do motorista, que não quis se identificar, confirmou que Cardoso estava internado em estado gravíssimo na unidade de saúde há cerca de 15 dias. Ele teve contato com a água do Rio Acre durante a enchente deste ano.

Após o contato, ele procurou ajuda médica com febre e dor de cabeça. O quadro dele piorou e ele passou a sentir também dor no corpo, no joelho, nas articulações e na musculatura.

O motorista morava no bairro Comara e reve contato com a água contaminada ao retirar os objetos de dentro de casa.

Ainda segundo a família, foi feita a divulgação de uma vaquinha online para ajudar nas despesas do velório e enterro, contudo, a iniciativa não é de conhecimento e nem tem autorização dos familiares.

No último dia 15, o músico cruzeirense Diko Lobo, de 41 anos, morreu na UTI do Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, com a doença. A morte dele causou comoção no estado. Ele era cantor de rock, vocalista da banda Lobos do Vale, compositor, ativista cultural e tinha um programa de rádio na cidade de Cruzeiro do Sul. Centenas de amigos usaram as redes sociais para prestar homenagem ao músico.

- Publicidade -
Copiar