24.9 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Acre: Aluna de colégio militar ameaça atacar supervisora com uma faca; caso é mantido em sigilo

Por Dell Pinheiro, dA Gazeta do Acre.

- Publicidade -

O caso de uma aluna de apenas 12 anos, do Colégio Militar Tiradentes, em Rio Branco, que planejava um ataque contra uma supervisora de alunos da escola, identificada como V. Ferreira, tenente da Polícia Militar, está sendo investigado pela polícia.

O plano foi descoberto após a aluna, do 7⁰ ano, mandar mensagem pelo celular do pai a um grupo de colegas da escola relatando como faria o ataque.

“Pego o facão que está na minha cintura e dou 47 facadas na V. Ferreira, depois guardo as luvas, lavo a faca e guardo e depois vou para o refeitório”, escreveu a estudante, relatando que levaria a arma branca na cintura por dentro do fardamento e luvas cirúrgicas no bolso do agasalho.

Após as denúncias, a direção da escola acionou as autoridades competentes para investigar o caso, que é mantido em sigilo.

A polícia já está apurando os fatos e tomando as medidas necessárias para garantir a segurança de todos os envolvidos.

- Publicidade -
Copiar