24.9 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Pai e padrasto são presos suspeitos de estuprar filha e enteada

Por AM Post.

- Publicidade -

Dois homens, de 43 e 59 anos, foram presos nas primeiras horas desta quinta-feira (27/04), por descumprimento de medidas protetivas em favor de vítimas de estupro de vulnerável. O crime foi praticado em circunstâncias distintas, contra duas vítimas diferentes, de 12 e 13 anos.

Segundo a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a vítima de 13 anos é enteada do autor de 43 anos e a 12 anos é filha do indivíduo de 59 anos.

O primeiro caso foi denunciado em 2021, depois que a mãe da garota descobriu a gravidez da filha já nas últimas semanas. O indivíduo ainda chegou a ser preso na época e atualmente estava respondendo ao processo em liberdade, mas voltou a procurar a vítima por meio de mensagens e por isso, acabou preso.

O outro homem foi denunciado por estuprar a própria filha por três anos. Os abusos teriam começado quando ela ainda tinha 9 anos de idade.

A vítima contou sobre os abusos para a mãe e a mesma denunciou o caso. Na ocasião, o homem fugiu mas recentemente voltou a procurar a vítima para ela desistir das denúncias.

A mãe da vítima apoiou o abusador e levou a vítima a delegacia para mudar o depoimento, no entanto, durante a conversa com a psicóloga, a menor começou a chorar e informou sobre a pressão psicológica que estava sofrendo por parte dos familiares.

“Na manhã de hoje nós a encaminhamos para um abrigo institucional porque logo depois da prisão do genitor, ela foi trazida para a delegacia pelos próprios familiares, inclusive pela própria mãe, para que ela desmentisse os fatos. Entretanto, em uma entrevista psicológica, essa adolescente começou a chorar e realmente nos relatou a pressão que ela vem sofrendo no seio familiar, infelizmente”, disse Joyce Coelho.

- Publicidade -
Copiar