23 C
Juruá
domingo, abril 21, 2024

“Vamos acompanhar de perto as investigações”, diz procurador-geral do MPAC sobre morte de Nayara Vilela

Por redação.

- Publicidade -

“Vamos acompanhar de perto as investigações”, diz procurador-geral do MPAC sobre morte de Nayara Vilela

O procurador-geral de Justiça Danilo Lovisaro do Nascimento designou três promotores de Justiça para acompanhar as investigações sobre a morte da cantora Nayara Vilela, de 32 anos. Ela foi encontrada morta na noite de ontem em sua casa, no bairro Placas, em Rio Branco.

Os promotores de Justiça Efrain Mendoza, Teotônio Soares e Carlos Augusto Pescador, que atuam nas Varas do Tribunal do Júri da Capital, irão solicitar informações sobre as providências adotadas e manter um diálogo constante com a autoridade policial encarregada do caso e a direção da Polícia Civil.

“Precisamos saber as circunstâncias em que o fato ocorreu e vamos acompanhar de perto as investigações até que tudo seja devidamente esclarecido”, assegurou o procurador-geral.

Caberá ao promotor de Justiça ao qual for encaminhado o caso, quando este for concluído, avaliar os fatos e formar a sua convicção acerca de eventuais condutas criminosas.

Danilo Lovisaro também determinou que o Centro de Atendimento à Vítima (CAV), órgão auxiliar do Ministério Público do Acre que dispõe de equipe multidisciplinar, adote todas as providências necessárias no sentido de prestar assistência e orientação à família da cantora.

- Publicidade -
Copiar