24 C
Juruá
sexta-feira, abril 12, 2024

Adolescente grava o próprio estupro e mostra para a polícia no Amazonas

Por redação.

- Publicidade -

Uma adolescente, de 15 anos, que sofria violência sexual desde que tinha 6 anos, decidiu colocar um ponto final no ciclo de abusos e filmou o próprio estupro para denunciar o alemão Wolfgang Brog, de 75 anos, acusado de manter esquema de exploração sexual e usar os rios da região amazônica para transportar outras menores de idade até a pousada Cheiro de Mato, em Manaus. O caso foi divulgado em reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, neste domingo (21).

A vítima contou a polícia era abusada acorrentada e também teve que colocar piercings no rosto a mando do estuprador. “Ele mandava vestir saia, salto alto e algema. Ele botava em mim. Às vezes ficava até dolorido na minha mão, ficava com marca da algema”, relatou a jovem.

Após fazer a filmagem, a menina conseguiu denunciar o crime com a ajuda de uma tia paterna no fim de março deste ano.

As imagens serviram como prova para o início das investigações da Polícia Civil do Amazonas. “A prova que ela fez do dia do encontro é uma prova irrefutável. Ela gravou ela mesmo gravou esse vídeo, do momento em que ela estava sendo abusada sexualmente por ele. Utilizando inclusive a fantasia que ela diz que era um dos fetiches dele. E ele ofereceu bastante dinheiro para que elas destruíssem essa mídia. E essa mídia acabou chegando ao conhecimento da autoridade policial”, disse a delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Joyce Coelho.

Esquema
Com a denúncia, a jovem conseguiu ainda expor um esquema de exploração sexual de crianças e adolescentes que acontecia na pousada. A mãe dela chegou a ser presa, mas foi solta pela Justiça na audiência de custódia.

Segundo a autoridade policial, a adolescente ficou orfã do pai quando era criança e até os cinco anos de idade, morou com uma tia paterna. Porém, após a mãe ser solta da prisão e os abusos começaram.

“Ela [mãe] enxergou essa possibilidade de ganhar dinheiro com a filha, que é a exploração sexual da adolescente, e passou a agenciar e essa adolescente”, disse a delegada.

“Eu tinha 6 anos quando ele começou a passar a mão em mim e me abusar. Ele passava a mão em mim quando eu estava dormindo. Ficava com medo”, disse a vítima sobre o abusador.

A polícia tentou prender o alemão Wolfgang Brog, mas, segundo os investigadores, o criminoso fugiu para a Alemanha no início de abril. No Brasil, ele é considerado foragido e pode ser preso se voltar ao país.

De acordo com a reportagem, o homem foi procurado e mandou áudios se defendendo das acusações de abusos de menores.

“Não tem nenhuma prova sobre isso, tá? Eu nem sei de quem eles estão falando, que mulheres são isso”, falou.

O alemão falou que não pretende voltar ao Brasil no momento: “é claro que eu quero voltar para o Brasil, mas nessa situação, no momento, é muito difícil”.

Adolescente filma o próprio estupro para provar crime. Assista a reportagem completa.

  • Fonte: AM Post.
- Publicidade -
Copiar