25.5 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

Amazônia Legal: desmatamento no AC aumenta 66% em um mês e chega a 5 Km², aponta Imazon

Por redação.

- Publicidade -

Dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) obtidos via Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD) mostram que a área desmatada no Acre em abril foi de 5 quilômetros quadrados. O levantamento foi divulgado nessa quarta-feira (17).

O número representa uma alta de 66% se comparado ao mês de março, quando foram registrados 3 km² de derrubada da floresta no estado acreano. Apesar dessa alta, se for considerado o primeiro quadrimestre deste ano com o mesmo período de 2022, os dados apontam uma redução de 18,18% no desmatamento no Acre.

Conforme o monitoramento por satélites do Imazon, a destruição acumulada no período de janeiro a abril deste ano chegou aos 18 km². No mesmo período no ano passado, o acumulado estava em 22 km² de área desmatada.

Apenas em abril, a queda no desmatamento no Acre chegou aos 55%, passando de 11 km² em 2022 para 5 km² em 2023. Diminuição que, segundo o Imazon, precisa seguir durante o chamado “verão amazônico”, época de seca na região, que inicia entre maio e junho, quando a derrubada costuma ser maior.

“Estamos reiteradamente alertando sobre o avanço do desmatamento no sul do Amazonas, na região de divisa com os estados do Acre e Rondônia, conhecida como Amacro, onde atualmente existe uma forte pressão pela expansão agropecuária. São necessárias medidas urgentes de fiscalização e destinação de terras públicas no local para evitar novas derrubadas, como infelizmente estamos vendo todos os meses”, alertou Bianca Santos, pesquisadora do Imazon.

No acumulado de agosto de 2022 a abril de 2023, o estado acreano registrou 451 quilômetros quadrados de desmatamento. O número é 3% maior que o registrado entre agosto de 2021 e abril de 2022, que foi de 440 km² de destruição.

A Amazônia Legal teve 336 quilômetros quadrados de seu território desmatado em abril, o que representa uma redução de 72% em relação a abril de 2022, quando o desmatamento somou 1.197 quilômetros quadrados.

O desmatamento no estado acreano representou 1% do total na Amazônia Legal. No ranking dos estados com maior área desmatada, o Amazonas lidera a lista com a maior parte do percentual (27%), seguido por Pará (24%), Mato Grosso (21%), Rondônia (16%), Roraima (6%), Maranhão (4%) e Tocantins (1%).

  • Fonte: g1 AC.
- Publicidade -
Copiar