24.9 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Com 2º metro quadrado mais caro, valor da construção no Acre continua subindo

Por Redação

- Publicidade -


Divulgado nesta sexta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional da Construção Civil chegou a 0,14% em abril no Estado do Acre elevando para R$ 1.817,24 o custo do metro quadrado – o segundo mais alto do País no período, perdendo apenas para Santa Catarina, onde construir custa R$ 1.916,43/m2, e tudo isso sem a desoneração da folha de pagamento. Se contar a oneração, o metro quadrado no Acre sobe para R$ 1.914,06, mantendo o Estado entre os mais caros para se construir no Brasil.

No País, o índice chegou a 0,27% em abril, ficando 0,07 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de março (0,20%). Em 2023, houve aumento de 0,95% para se construir no Acre. No acumulado de 12 meses são 8,57% de alta.

O custo nacional da construção, por metro quadrado, passou em abril para R$ 1.693,67, sendo R$ 1.006,82 relativos aos materiais e R$ 686,85 à mão de obra. Em março, havia fechado em R$ 1.689,13.

O acumulado nos últimos 12 meses foi para 8,05%, abaixo dos 9,06% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. O índice de abril de 2022 foi 1,21%.

Em abril, a parcela dos materiais foi de 0,42%, subindo 0,35 p.p. em relação ao mês anterior (0,07%). Essa taxa representa aumento significativo frente a tendência de estabilidade nos índices, que vinha sendo observada desde outubro do ano passado. Considerando o índice de abril de 2022 (1,86%), houve queda de 1,44 p.p.

Já a mão de obra, com taxa de 0,05%, registrou queda de 0,35 p.p. em relação ao mês de março (0,40%). Com relação a abril de 2022, houve queda de 0,19 p.p. (0,24%).

De janeiro a abril, os acumulados foram: 0,56% (materiais) e 1,30% (mão de obra). Já os acumulados em 12 meses ficaram em 6,60% (materiais) e 10,21% (mão de obra), respectivamente.

Com informações Ac24horas

- Publicidade -
Copiar