24.1 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Estado capacita forças de segurança com instruções de policiamento nas fronteiras do Acre

Por Redação

- Publicidade -


O governo do Acre, por meio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), realizou na manhã desta segunda-feira, 29, em Rio Branco, a abertura do Estágio de Adaptação ao Policiamento de Fronteira (Eapfron) 2023. A vice-governadora Mailza esteve presente na solenidade, e destacou o trabalho integrado das forças de segurança.

“Nosso governo tem como prioridade investir na qualificação e valorização de todos aqueles que fazem parte do Sistema Integrado de Segurança Pública, pois entendemos que somente assim é possível combater o crime e resguardar a vida da população”, disse.

De acordo com o titular da Sejusp, José Américo Gaia, a integração das polícias é essencial para o crescimento dos índices de produtividades do Gefron. “Estamos somando esforços para o aprimoramento do trabalho dos nossos policiais e, consequentemente, dando resposta à sociedade contra o crime organizado. Especializar, dar condições à nossa polícia de fazer seu trabalho com mais qualidade é nossa meta para evitar crimes e controlar o tráfico de drogas no estado”, enfatizou.

Mailza destacou o trabalho do governo do Estado para a segurança da população acreana. Foto: Felipe Freire/Secom

O estágio capacita forças de segurança que atuam nas fronteiras num trabalho integrado entre as polícias Militar, Civil, Penal, Rodoviária Federal e o Centro Integrado de Operações Aéreas. 

O Gefron atua por meio de ações integradas na prevenção e repressão ao tráfico de drogas e segurança nas fronteiras. Foto: Felipe Freire/Secom

A capacitação será de oito dias e inclui identificação e enfrentamento de fraudes, busca de veículos, patrulhamento fluvial, técnicas de entrevista e rastreamento dos crimes nas áreas transfronteiriças.

“Especializar, dar condições à nossa polícia de fazer seu trabalho com mais qualidade é nossa meta, para evitar crimes e controlar o tráfico de drogas no estado”, destacou Gaia. Foto: Felipe Freire/Secom

Também estiveram presentes o secretário adjunto da Sejusp, coronel Evandro Bezerra; o comandante da Polícia Militar do Acre, coronel Luciano Dias; o  comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Charles Santos; o presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre, Glauber Feitoza; o coordenador do Centro Integrado de Ensino e Pesquisa, delegado Fabrizzio Sobreira; o coordenador do Grupo Especial de Operações em Fronteira, coronel Cleudo dos Santos Maciel; o coordenador adjunto, delegado Remullo Diniz; e o coordenador do estágio, capitão da PM Edson de Lima Queiroz.

- Publicidade -
Copiar