24.1 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Fotojornalista acreano é finalista no maior prêmio de jornalismo do mundo

Por redação.

- Publicidade -

O fotojornalista Alexandre Noronha está entre os jornalistas que se classificou para a final do Prêmio Pulitzer de Jornalismo, o maior prêmio de jornalismo do mundo.

O acreano exerce o fotojornalismo há 14 anos e coleciona prêmios, como Vladimir Herzog, Prêmio de Jornalismo do Ministério Público, prêmio internacional de fotografia documental, dentre outros. Agora, ele pode estar entre os melhores do mundo.

A série de reportagens “The Amazon Undone”, escrita e planejada por Terrence McCoy, publicada em 2022 no jornal The Washington Post, conta com fotos de Alexandre Noronha.

As reportagens abordam temas específicos sobre a Amazônia, como a morte de Dom e Bruno, o desmatamento e as mudanças climáticas.

O trabalho ganhou o George Polk Award, uma premiação da Universidade de Long Island, além do prêmio Robert Spiers Benjamin, da Overseas Press Club.

Alexandre Noronha já trabalhou como colaborador para o Folha de São Paulo, El País, Amazônia Real, The Washington Post (EUA), Der Spiegel (Alemanha), Samaúma, Mongabay (EUA), Greenpeace.

Leia a reportagem “A Amazônia desfeita, como a floresta morre” clicando no linck (leia aqui).

  • Fonte: ContilNet.
- Publicidade -
Copiar