25.6 C
Juruá
terça-feira, abril 23, 2024

Justiça nega habeas corpus para advogado preso por passar informações sigilosas para facção

Por redação.

- Publicidade -

A Desembargadora Denise Bonfim negou nesta sexta-feira, 5, um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do advogado preso na última quarta-feira, 3, pela Polícia Federal, em Rio Branco.

O advogado é acusado de repassar informações sigilosas com intuito de impedir e embaraçar investigação em curso contra uma facção criminosa.

A investigação teve início logo após a deflagração da Operação Policial Tricoat II, ocorrida na semana passada, revelando um esquema chefiado por advogado que tinha como objetivo a troca de informações sigilosas por vantagem pecuniária.

A investigação indica que o advogado, munido de informações sensíveis, tentou receber valores de investigados, com a finalidade de impedir e embaraçar as investigações em curso.

- Publicidade -
Copiar