23.7 C
Juruá
quarta-feira, abril 17, 2024

Moradores se revoltam e incendeiam casa de acusado de matar adolescente no Acre

Por redação.

- Publicidade -

Revoltados com o ato covarde do homem que matou com uma facada no pescoço o adolescente Anderson Lopes da Silva, de 17 anos, moradores do Papouco, em Rio Branco, atearam fogo na casa do suspeito que desapareceu da área após a morte violenta. O corpo da vítima foi deixado numa área de matagal do bairro.

O homem que teve a casa incendiada continua sendo procurado por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O delegado Cristiano Bastos disse que o fato de a vítima reclamar do acusado por furtar um objeto e pedir a devolução do mesmo, seria a causa do assassinato.

A autoridade aguardava a presença de familiares da vítima para prestar depoimento e até ontem à tarde ninguém havia aparecido na especializada.

Moradores do bairro do Papouco explicaram que Anderson Lopes não era morador em condição de rua, já que o mesmo tinha endereço fixo, estudava, trabalhava e não tinha envolvimento com o ilícito. No sábado (27) teria procurado o suspeito do assassinato para exigir que o mesmo devolvesse um objeto de sua propriedade que havia subtraído.

Nesse domingo (28) Anderson foi encontrado morto com uma facada no pescoço, exatamente numa área de mata nos fundos da casa do suspeito que desapareceu da região. Horas depois, moradores atearam fogo na casa do suposto assassino. “Estamos reunindo provas para que possamos representar pela prisão preventiva do suspeito, para tanto, precisamos de depoimentos, inclusive de familiares da vítima que ainda não se apresentaram na delegacia”, comentou o delegado.

  • Fonte: AC24horas.
- Publicidade -
Copiar