25.5 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

No Acre, acusado de estupro, homem confessa ter “ficado” com criança

Por redação.

- Publicidade -

Um homem de 19 anos identificado como Gabriel, está sendo acusado de estupro de vulnerável contra uma menina de apenas 11 anos, no bairro Conjunto Esperança, em Rio Branco. Ele é usuário de tornozeleira eletrônica, mas teria destruído o equipamento segundo um familiar da vítima. Em um vídeo que circula nas redes sociais, Gabriel confessa o crime. “Fiquei com ela, mas não fiz nada contra a vontade dela”, diz.

Segundo boletim de ocorrência, a família da vítima mora em um apartamento vizinho ao de Gabriel. A mãe de família, em dias anteriores, viu Gabriel olhando pela janela em direção ao interior de sua residência (foto abaixo), e lhe pediu que ele não fosse mais até o apartamento que vive com os filhos – a vítima e um menino de 7 anos.

Por volta do meio-dia de ontem, 10, a mãe estava no trabalho quando recebeu a ligação de uma testemunha dizendo que na noite anterior, Gabriel estava com sua filha, de apenas 11 anos. Segundo essa testemunha, Gabriel levou a menina para a casa dele e lá havia consumado o ato. Ao chegar em casa, a mãe questionou a criança, que negou. Mais tarde, um exame de corpo e delito comprovou a relação, por isso, a criança teve que tomar 7 injeções e 9 comprimidos de uma vez para prevenir doenças e gravidez.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, o acusado confessa e minimiza o acontecido dizendo que o ato covarde teria sido consensual: “fiquei com ela, mas em nenhum momento fiz algo contra a vontade dela”, diz ele que afirma saber que a vítima tem apenas 11 anos.

A família agora pede que a Polícia Civil tome alguma providência, já que mesmo após Boletim de Ocorrência e exame de corpo delito constatando a relação, nenhuma providência foi tomada.

  • Fonte: AC24horas.
- Publicidade -
Copiar