24.9 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Pesquisa de professores e alunos da Ufac analisa ameaça de seca na Amazônia

Por redação.

- Publicidade -

Uma pesquisa produzida na Universidade Federal do Acre (Ufac), que visa avaliar como a floresta amazônica poderá lidar com a seca futura e com a redução de sua capacidade de remover carbono do meio ambiente foi publicada na Revista Nature.

Intitulado “A variação em toda a bacia nas margens de segurança hidráulica das árvores prevê o balanço de carbono das florestas amazônicas”, o estudo analisa o aumento das mudanças climáticas e a falta de preservação adequada da floresta amazônica.

Foto: Francisco Diniz / Divulgação

80 pesquisadores assinam o artigo, entre eles está o pesquisador Marcos Silveira, que afirma que o estudo reflete a preocupação dos cientistas com a vulnerabilidade da vegetação em meio às mudanças climáticas.

“Esse trabalho reflete a preocupação da comunidade científica com a vulnerabilidade das árvores em relação às mudanças climáticas, especialmente no que diz respeito à mortalidade provocada pelos eventos recorrentes de secas severas”, disse Marcos Silveira.

Foto: Reprodução

O artigo foi produzido por professores do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza e alunos egressos do programa de pós-graduação em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais da Ufac.

O estudo fez parte do projeto Tremor e envolveu uma equipe internacional de pesquisadores da Europa, Brasil, Peru e Bolívia. Realizada na bacia amazônica, a pesquisa avaliou a resistência das árvores às pressões negativas provocadas pela falta de água no solo, o que pode causar a morte da árvore por embolia.

  • Suene Almeida, ContilNet.
- Publicidade -
Copiar