25.5 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

Polícia apreende documentos de venda ilegal de terras no Acre

Por redação.

- Publicidade -

Na última quarta-feira, dia 24 de maio, a Polícia Civil do Acre (PCAC) e o Ministério Público Estadual (MPAC), por meio da Promotoria Criminal da Comarca de Tarauacá, cumpriram um mandado de busca e apreensão na Associação dos Produtores Rurais de Tarauacá. A ação foi realizada após uma denúncia registrada na delegacia e no MPAC de Tarauacá, município localizado no interior do Acre, que apontava a demarcação ilegal de terras na floresta estadual do Gregório, área rural da região. Segundo a denúncia, a associação estaria vendendo lotes de terra e cobrando mensalidades dos associados.

O delegado Valdinei Soares da Costa, após conduzir investigações preliminares, obteve autorização da Promotoria Criminal para requerer o mandado de busca e apreensão. Durante o cumprimento da medida, foram apreendidos celulares, computadores e uma extensa documentação que corrobora as acusações feitas na denúncia. O material apreendido está atualmente em processo de análise. Os celulares e computadores serão encaminhados para perícia, pois contêm indícios de crimes que estão sendo investigados no inquérito, incluindo venda de terras públicas, associação criminosa, crimes contra o meio ambiente e possíveis crimes contra a administração pública.

“Aqueles envolvidos serão intimados a prestar depoimentos sobre os fatos objeto deste Inquérito Policial”, informou o delegado. Até o momento, nenhuma prisão foi realizada relacionada a esse caso. As autoridades continuam trabalhando para esclarecer os acontecimentos e responsabilizar os envolvidos.

Por Yaco News.

- Publicidade -
Copiar