24.9 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Policial mata comandante da PM e sargento dentro de Batalhão

Por redação.

- Publicidade -

Um policial militar matou dois colegas de trabalho na manhã desta segunda-feira (15) em Salto (SP). O ataque ocorreu por volta das 9h. O atirador se entregou e foi detido.

De acordo com relato de testemunhas, um sargento, identificado como Gouveia, invadiu e trancou uma sala na 3ª Companhia da Polícia Militar de Salto e atirou contra as vítimas, o sargento Roberto da Silva e o capitão Josias Justi, comandante da PM na cidade.

O atirador estava com um fuzil e a motivação do crime é desconhecida. Bombeiros foram chamados para atender a ocorrência, mas os policiais não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

Um vídeo feito logo após a tragédia mostra viaturas das equipes de resgate em frente à 3ª Companhia da PM. Peritos e até o helicóptero Águia, da PM, também foram à base da corporação em Salto.

Assim que liberados pela perícia, os corpos devem ser levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba (SP).

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a corregedoria da corporação acompanha a investigação do crime para esclarecer a motivação.

“É com extremo pesar que a Polícia Militar informa que nesta segunda-feira (15), por volta das 9h, dois policiais militares foram atingidos por disparos de arma de fogo efetuados por um Sargento da Instituição por razões ainda a serem esclarecidas. O crime ocorreu nas dependências da 3ª Companhia do 50º Batalhão de Polícia Militar do Interior (50º BPM/I), situada na cidade de Salto. Infelizmente, as vítimas entraram em óbito. Todas as providências de Polícia Judiciária Militar estão em andamento neste momento e a Corregedoria da Instituição acompanha as apurações”, completa a pasta.

Na madrugada de domingo (14), um policial civil matou quatro colegas em uma delegacia no Ceará.

Fonte: G1

- Publicidade -
Copiar