24.1 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Vasco larga mal no Brasileirão e faz campanha pior do que em anos de rebaixamento

Por ge.

- Publicidade -

O Vasco largou mal no Brasileirão 2023 e está com o alerta ligado. Com a derrota por 2 a 0 para o Fortaleza, a terceira consecutiva no campeonato, a equipe vai ficar mais uma rodada na zona de rebaixamento.

O time comandado por Maurício Barbieri tem apenas uma vitória em oito rodadas e está na 17ª posição, com seis pontos. Ainda pode cair mais uma ou duas colocações, a depender do resultado das partidas de Corinthians e América-MG neste domingo.

Com o recorte das oito primeiras rodadas, o Vasco faz campanha pior que três das quatro vezes em que foi rebaixado no Brasileirão. O time de 2023 só supera o de 2015, que a essa altura não tinha uma vitória sequer e estava na lanterna do campeonato. O levantamento foi feito pelo Espião Estatístico.

Compare as campanhas até a 8ª rodada:

  • 2008 – 9ª posição – 3v / 2e / 3d – 11 gols marcados – 10 sofridos – 46% de aproveitamento
  • 2013 – 10ª posição – 3v / 1e / 4d – 11 gols marcados – 10 sofridos – 42% de aproveitamento
  • 2015 – 20ª posição – 0v / 3e / 5d – 3 gols marcados – 14 sofridos – 13% de aproveitamento
  • 2020* – 3ª posição – 4v / 2e / 1d – 11 gols marcados – 5 sofridos – 63% de aproveitamento
  • 2023 – 17ª posição** – 1v / 3e / 4d – 8 gols marcados – 13 sofridos – 25% de aproveitamento

*em 2020, o Vasco chegou à oitava rodada com um jogo a menos. O duelo com o Palmeiras, pela primeira rodada, foi realizado só meses depois.

**o Vasco ainda pode cair uma ou duas posições, no que depender dos resultados deste domingo.

Contra o Fortaleza, o Vasco foi comandado pelo auxiliar Maldonado, já que Barbieri cumpriu suspensão. Ele disse que os jogadores estão se doando ao máximo para sair dessa situação.

“Não temos o que reclamar dos jogadores, cada um está indo no seu limite. Eles sentem o momento que estamos passando, mas temos que ter a sabedoria de saber que tem bastante jogo ainda para acontecer no Brasileiro”, afirmou.

Durante a semana que antecedeu a partida contra o Fortaleza, o Vasco foi alvo de protestos de torcedores que foram em frente ao escritório da Vasco SAF, na Barra da Tijuca, e também no CT Moacyr Barbosa, na Cidade de Deus.

O próximo compromisso do Vasco no Brasileirão é na segunda-feira da outra semana, dia 5 de junho, contra o Flamengo, no Maracanã.

- Publicidade -
Copiar