24.1 C
Juruá
sexta-feira, abril 19, 2024

Verba do governo federal pode acelerar fila de espera de cirurgia do SUS no Acre

Por redação.

- Publicidade -
17/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Postos de saúde do Rio de Janeiro têm longas filas em busca da vacinação contra a febre amarela. Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

O Programa Nacional de Redução de Filas (PNRF), está reunindo um quantitativo do número dos pacientes das unidades da federação esperando por cirurgia no Sistema Único de Saúde (SUS). Até o momento, 19 deles enviaram dados, incluindo o Acre.

O programa foi instituído em janeiro deste ano e já apresenta algumas estatísticas relacionadas aos pacientes em espera de modalidades de cirurgia eletivas. O estado de Goiás é o lugar que lidera o ranking, com 125,9 mil pacientes esperando, na sequência, vem Rio Grande do Sul com 108,1 mil.

Na região norte, Roraima tem 3,5 mil e Rondônia 1.001 pessoas em espera. Mesmo que haja diferenças regionais, demarcadas pela quantidade da população concentrada em determinada localidade, é possível perceber estimativas que chamam atenção para a situação dos estados.

Esse é o caso do Acre, a fila de Minas Gerais, por exemplo, que aparece em terceiro lugar na lista dos estados com a maior quantidade de pacientes aguardando, representa 0,4% de sua população, o que ainda seria um cenário melhor do que o território acreano, com 0,8% da população em espera.

Atualmente, as solicitações mais urgentes são para as cirurgias de catarata, abdominal, ortopédica, de aparelho digestivo e hérnia. De acordo com o Ministério da Saúde, o PNRF separou R$600 milhões, que já foram reservados para prestar assistência aos estados e municípios, fortemente impactados nesta área em razão da pandemia da Covid-19.

  • Rebeca Martins, ContilNet.
- Publicidade -
Copiar