23.7 C
Juruá
domingo, abril 21, 2024

Acre tem aumento de 20% nas mortes violentas no primeiro trimestre de 2023

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O Acre registrou um aumento de 20,9% no número de mortes violentas registradas nos primeiros três meses de 2023 em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados fazem parte do Monitor da Violência, índice nacional de homicídios, criado pelo g1, com base em informações oficiais dos 26 estados e o Distrito Federal. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (20).

Ao todo, foram contabilizadas 52 mortes violentas no estado acreano durante os meses de janeiro, fevereiro e março, levando em consideração feminicídios (quando as vítimas são mortas na condição de mulheres), homicídios dolosos (quando o assassinato é intencional), latrocínios (quando a vítima é assassinada para que o roubo seja concluído) e lesões corporais seguidas de morte.

No mesmo trimestre do ano passado, o estado contabilizou 43 mortes.

Em comparação com os outros estados da região Norte, o Acre fica em segundo lugar no ranking, atrás apenas do Amapá, com 87%. Confira no quadro abaixo as variações no primeiro trimestre do ano:

Variação percentual de assassinatos nos Estados da região Norte

Estados Variação percentual
Acre 20,9%
Amazonas -2,6%
Roraima -23,8%
Rondônia -21,6%
Amapá 87%
Pará -12,2%
Tocantins 7,3%

No Brasil, a média mostra sucessivas reduções nos índices de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Neste último levantamento, a redução foi de 0,9%.

A única região do país a apresentar alta nos números de assassinatos é o Sudeste, com 8,2%. As outras regiões, inclusive o Norte, registraram baixa:

  • Centro-oeste (-5,2%);
  • Nordeste (-3%);
  • Norte (-4,2%);
  • Sul (-5,7%).

O levantamento exclusivo, que compila os dados mês a mês, faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do g1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

2022

No ano passado, 216 mortes violentas foram contabilizadas no estado acreano. Em 2021, o número de mortes violentas no Acre foi de 181. Com isso, houve um aumento de 19% nos casos em um ano.

Ao analisar a quantidade de habitantes do estado no mesmo ano, um total de 906.876 pessoas, o Acre contabilizou, para o período, 23,8 mortes violentas por grupo de 100 mil habitantes.

- Publicidade -
Copiar