25.5 C
Juruá
domingo, abril 14, 2024

Crueldade: Valdélio Furtado manda expulsar ambulantes; “como irei sustentar minha família agora”

Por Redação

- Publicidade -


O prefeito de Marechal Thaumaturgo, Valdélio Furtado, notificou no dia 08 de Maio, todos os pais de família que tiram seu sustento de suas pequenas vendas no centro da cidade, para que desocupem os locais dentro de 10 dias, ameaçando apreender as mercadorias e barracas dos ambulantes.

A redação foi procurada por uma mãe desesperada que não sabe o que fazer agora. “Nós não incomodamos o prefeito, não pedimos nada para ele, não sabemos porque o Valdelio nos persegue demais. Estou super preocupada pois moramos de aluguel e se pararmos de trabalhar como vamos fazer pra levar comida para nossa casa? Como vamos fazer se não temos emprego? Esse é a nossa única fonte de renda.“ disse a ambulante.

A justificativa do prefeito para retirar os ambulantes foi baseada na lei complementar de n: 003/2018. A notificação foi assinada pelo chefe de fiscalização e arrecadação, Elquicio Barbosa.

Outro vendendo afirmou que recebeu a notificação e pensou que a retirada da venda seria somente durante o festival. “Quando recebemos essa notificação pensava que era pra sairmos até festival do feijão, acabando retornaríamos, mas depois descobrimos que não era isso. Como irei fazer para sustentar minha família? Estou a dias sem dormir”, disse o vendedor.

Ele finaliza afirmando que a atitude do prefeito se deu por pressão dos grandes comerciantes que mandam na prefeitura. “Esse prefeito está obedecendo ordens dos comerciantes maiores, infelizmente. Trabalhamos aqui a vários anos e nunca formos perseguidos dessa maneira, ele vai tirar o sustento de vários pais e mães de família, isso é crueldade”, finalizou.

Os ambulantes pediram para não serem identificados com medo de uma perseguição ainda maior por parte do poder público municipal.

- Publicidade -
Copiar