24 C
Juruá
sexta-feira, abril 12, 2024

Em Rio Branco, homem recebe corretivo de facção e prefere levar 15 ripadas em vez de 13

Por redação.

- Publicidade -

Na Capital, homem recebe corretivo de facção e prefere levar 15 ripadas em vez de 13

Um homem identificado como Alexandre Rodrigues da Silva, de 43 anos, foi agredido a ripadas por integrantes de uma facção, após espancar sua própria filha. O fato ocorreu na noite de sexta-feira, 2.

Alexandre havia sido recentemente libertado da prisão quando, descontente com a suposta participação da filha em uma organização criminosa, a espancou ferido seu rosto.

De acordo com a polícia, a facção a qual a filha de Silva fazia parte impôs em uma “cláusula” do crime que: “aqueles que derramarem o sangue de um de seus integrantes também terão seu próprio sangue derramado”.

Consequentemente, Alexandre foi condenado a receber 13 ripadas como forma de punição por seu “desacordo” com as leis da criminalidade. Revoltado, ele se recusou a aceitar as pauladas, pois o número estava relacionado a um partido político que ele não gosta, ou pelo menos não concorda com a ideologia da agremiação.

Em vez disso, o homem pediu que fossem aplicadas 15 ripadas, “sem dó nem piedade”. Durante a execução da “pena”, os agressores excederam-se e infligiram golpes excessivamente fortes, resultando no estouro de uma hérnia de Alexandre.

Pouco tempo depois, a polícia foi chamada ao local e a vítima foi presa, pois deveria cumprir uma medida restritiva de distância entre ele, sua esposa e a filha.

Na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), Rodrigues começou a passar mal, e foi necessário acionar o Samu. Ele foi encaminhado ao Pronto-Socorro em estado estável. Após atendimento médico, Alexandre retornou ao Presídio Francisco de Oliveira Conde, onde ficará à disposição da Justiça.

  • Fonte: Notícias da Hora.

- Publicidade -
Copiar